Programa Conservação da Biodiversidade
G - Estudo populacional e taxonômico visando a reintrodução do Bicudo (Sporophila maximiliani)

O Bicudo Sporophila maximiliani é um dos pássaros de gaiola mais populares no Brasil, chegando a atingir elevados valores nesse tipo de comércio. Outrora comum em determinadas regiões do país, encontra-se praticamente extinta em seu ambiente natural, sendo a principal causa para o seu declínio a captura excessiva para manutenção em cativeiro. A maior parte das suas populações encontra-se extinta na natureza e quase nada é conhecido sobre os seus hábitos de vida, preferências ecológicas, distribuição e mesmo a sua taxonomia. Atualmente, a única população com registros recentes habita o interior do Parque Nacional das Emas (PNE), em Goiás.

A presente pesquisa tem como Financiador o FUNBIO - Fundo Brasileiro para Biodiversidade e seus principais objetivos avaliar o estado de conservação da população de bicudos presente no PNE, incluindo a estimativa populacional, análise taxonômica com base em espécimes capturados na natureza, nas coleções de referências e em cativeiro e um estudo sobre a viabilidade de um inédito programa de reintrodução. Também são objetivos desse estudo o monitoramento dos exemplares reintroduzidos e a elaboração de um relatório final consistente que auxilie na confecção do Plano de Ação Nacional para Conservação do Bicudo.

A duração do projeto está prevista para 24 meses, e tem como metas principais:
a)Obter uma estimativa do tamanho da população de S. maximiliani no PNE;
b)Obter um perfil das preferências ecológicas da espécie;
c)Realizar um estudo taxonômico envolvendo caracteres biométricos e moleculares de exemplares selvagens, cativos e espécimes depositados em coleções científicas de referência;
d)Reintroduzir e estabelecer populações do bicudo em áreas oficialmente protegidas e onde sua presença já foi constatada;
e)Produzir um documento com as informações disponíveis sobre a espécie, que servirá de base para a elaboração do Plano de Ação Nacional para Conservação do Bicudo.

O Plano de Ação Nacional para Conservação do Bicudo reunirá um conjunto de políticas públicas que identificam e orientam ações prioritárias para combater as ameaças ao bicudo e seu ambiente


Veja também
A - Projeto de Recuperação de Mata Ciliar no Estado de São Paulo (Finalizado!!)
B - Projeto Cílios do Rio (Financiado pela Iniciativa BNDES Mata Atlântica)
C - Elaboração do Plano Diretor de Restauração Florestal da Unidade de Gerenciamento de Recursos Hídricos Tietê-Jacaré (UGRHI nº. 13) visando a Conservação dos Recursos Hídricos e a Preservação da Biodiversidade
D - Criação e Apoio à Unidades de Conservacao
E - Capacitação e Implantação de Sistema de Gestão em Projetos de Recuperação de Áreas Degradadas.
F- Campanha Adote Uma Árvore
G - Estudo populacional e taxonômico visando a reintrodução do Bicudo (Sporophila maximiliani)
Copyright 2008-2018 © Instituto Pró-Terra • Todos os direitos reservados
Jaú - SP • Telefone: (14) 3032-1401